Lembranças esquecidas para sempre...


Palavras lançadas pelo Vento jamais voltam...





"... e desde então sou porque tu és, e desde então, és, sou e somos, e por amor serei, serás, seremos."

Abandonada

Image Hosted by ImageShack.us

Era uma garota

Alegria era o seu nome e tristeza era sua sombra

Andava sem rumo, em seu atormentado silencio.

Seguia o caminho e as pessoas, mas nao achava o final de sua viagem.

Alegria era o seu nome e era odio o que ouvia

No pico de sua vida, alegria nao era mais nada.

Alguem passava e a olhava

Outros passavam e nem notavam

Que a garota estava ali

Sozinha, triste, e amaldicoada.

Olhava o mar de purissimo azul,

Enquanto seus olhos ficavam na mais rubra cor

Sem rumo, sem destino,

A garota entao parou.

A cada dia que acordava

A cada segundo que passava

Perguntava-se:

-“O que eu fiz?”

Se um dia houve uma resposta,

Ela nunca soube, e nunca sabera.

Olhava as pessoas,

E as pessoas nao a olhavam

Ela sentia saudades

Mas nao sabia de que

-“Nao”

Foi o que respondeu a uma senhora

Que em toda sua viagem

Foi a unica que a notou e perguntou:

-“Voce ja veio aqui?”.

Mas ela tinha uma amiga

Solidao, do tipo mais solidaria.

Mas ela partiu.

Olhou para o topo da colina

E la viu uma igreja

Fazia tempo que nao ia a uma

Mas ainda rezava

E era Deus que a mantinha viva.

E voltou seu olhar para o mar

Agua que a levava de volta

Para o unico lugar que queria voltar

Ela desconhecia o seu lar.

Toda vez que eu olho no espelho

Vejo a garota

Ela me encara, e as vezes chora.

Na alva de sua nebulosa vida

Sua historia se resume a cacos de vidros,

Que ela coleciona piamente

Em sua caixa de joias

Joias que pegou em todo esse tempo longe de casa.

Alegria era o seu nome,

Mas ja se esquecera ha muito.

Agora, ela jaz em meu espelho,

Nao se afasta por um minuto

Um dia ela tirou eternamente meu sorriso

Quando me perguntou:

-“O que e um lar?”.

E desde entao, passo meus anos,

Tentando achar-lhe uma resposta

E e isso que me mantem viva,

No mais purissimo mar.


By Leticia Nascimento

Olhos da mentira


Morra condenada em suas mentiras,
e lembre-se da decepcao.
Nao mostrarei o que sou de verdade,
para a doce crianca da ilusao.
No silencio dos olhares minto para me esconder,
tento fugir dos seus sonhos e desejos
para nunca mais ter que sofrer.
Posso ser um poeta frio, mas meu coracao quer voce.
Melhor ser o que eu nao sou
Acreditar na esperanca da mentira,
Do que mostrar para ti a minha verdade
De um passado de magoas, onde os olhos nao brilham
Nao dedico minhas palavras
para uma dama sem brilho,
sua mentira fez a minha raiva,
de amar uma mentira.
Voce disse que as flores murcharam,
mas o seu encanto ainda esta vivo
Dentro do meu coracao nasce uma rosa para ti,
onde nao existira os espinhos da mentira.

By Fabio Gois

Anjo


Eterno anjo, sua beleza e admiravel
seu sorriso e cativante,
sua honra representa seu passado,
Por onde voas? onde voce esta?
Sigo seus rastro, suas asas soltou penas..
que caem nesse mundo deprimente.
Uma pena caiu no rio, o rio ganhou vida
Sua presenca deu sentido a vida
Continuei seguindo, os rastros, suas penas..
Uma pena caiu na floresta, que estava devastada
Uma pequena arvore nasceu...
sua presenca deu esperancas a vida.
Com esperancas e com sentido a viver,
continuei vivendo sem ter o que temer,
destraido, uma pena caiu no meu peito,
e assim, por ti eu me apaixonei...
Pena... voce agora tens de mim
infelizmente nao sou um anjo
e nunca poderei te ter...
porque eu fui me apaixonar logo por voce?...
meu anjo, as vezes tudo que e bom, tem seu lado de dor...
infelizmente, voce agora e o anjo da dor

By Fabio Gois