Lembranças esquecidas para sempre...


Palavras lançadas pelo Vento jamais voltam...





"... e desde então sou porque tu és, e desde então, és, sou e somos, e por amor serei, serás, seremos."


Hoje deixei a minha alma caminhar pelo bosque...
Sentei me naquela pedra
para deixar meu
pensamento voar!

Ali sentada naquele
silêncio...
Onde a brisa me sussurra
suave no ouvido...
Vem!

Eu te espero minha
alma doce...
Parti ao encontro
da voz que me chama.

É a voz do amor
Que une a alma e espírito...
Gotika

Em teu peito repouso!
Quando minha alma se perde...
Gotika