Lembranças esquecidas para sempre...


Palavras lançadas pelo Vento jamais voltam...





"... e desde então sou porque tu és, e desde então, és, sou e somos, e por amor serei, serás, seremos."

A espera


No hebreu da noite…
Pensamentos vagueiam.
Almas sufocam no desespero.
Anseiam por quem não encontram…
Olham ao seu redor, mas, nada obtêm.
Caminham sem um rumo…

Esperam !

Sem saber por quem.
No limite da vida,

ainda tentam uma esperança.
No sorriso perdido,
deixam a recordação alcançar suas mentes…
Lembranças dos momentos de partilhas.
E partem na procura da paz.

Anjogotika