Lembranças esquecidas para sempre...


Palavras lançadas pelo Vento jamais voltam...





"... e desde então sou porque tu és, e desde então, és, sou e somos, e por amor serei, serás, seremos."

Caminho sobre corpos,
que jazem sem vida...

Vejo as almas seguirem,
sem nada dizerem!!!

Sao multidoes de almas,
que confusas,

Olham se...
Mas ...

Nem uma palavra proferem...
Ainda podem ver seus corpos,
que ali jazem sem vida...
Ja nada podem fazer...


Gotika



Estendo a minha mao...
Ja posso sentir te ao meu lado!!!

Olhas me...

Teu sorriso ilumina a minha alma!!!
Juntos seguimos, nas trevas...
Sem nada que separe nossas almas.

Gotika

Vejo a tua alma que me espera...
Subo!!!
Vou ao teu encontro...
Onde nossas almas ficam unidas...

Gotika



No cair da noite
La vai esta alma que sem rumo vagueia..
Caminha sem olhar por onde vai.
Ja sem vida ,
olha as suas maos vazias...
Tenta lembrar onde deixou,
todas as suas recordacoes.
Uma lagrima rola no seu rosto,
que ja perdeu a beleza de outrora...
Porque ja nao sabe onde ficou as suas recordacoes...
Gotika

Silencio


Aqui neste silencio...
Posso ouvir o bater do meu coracao!!!
Meus pensamentos se perdem...
Onde?

Ja nem eu sei...
Caminho entre as campas.
Olho...
E ali esta!!!

Meus passos seguem nessa direccao...
E paro...
Olho mais uma vez!!!
E vejo a minha campa.
Onde agora posso repousar...


Gotika

Vou deixar a minha alma partir...

Nao quero que ela olhe para tras!!!

Ela vai sem rumo...

Sem um destino para procurar.

Deixo a seguir por esses caminhos tenuberosos

Onde a paz se perdeu...

ali so existe tormento...

Mas ...

Deixo seguir...

Porque a minha alma ja nao tem paz...

Gotika




Mentes...



Vejo mentes crueis,
que se sentam nos tribunais e fazem julgamentos...
Vejo mentes perversas ditam suas ideias,
sem nada ouvirem.
Coitados dos reus que ali forem julgados!!!
Suas palavras serao nulas,
perante tais mentes...
Porque ja foram julgados!!!
Gotika